Bacharelado ou tecnólogo: você sabe qual a diferença?

Ambas são graduações de nível superior, porém há diferenças que irão depender da sua escolha de carreira

Na hora de escolher o curso superior, você irá notar que há alguns que oferecem a opção de tecnólogo ou bacharelado dentro da mesma área. É o caso de Produção Publicitária e Publicidade e Propaganda na Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

Os cursos superiores de tecnologia (tecnólogo) e bacharelado têm em comum o fato de serem graduações de nível superior, oferecidas por instituições de ensino superior. Para ingressar neles é necessário ter concluído o Ensino Médio e passar por um processo seletivo. Ambos precisam ser reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) para que o diploma tenha validade – e as semelhanças terminam aqui.

A diferença é que, enquanto o bacharelado dá uma visão mais geral da profissão, o tecnólogo – que, ao contrário do que muita gente ainda pensa, não é a mesma coisa que curso técnico – é mais voltado à prática e ao mercado de trabalho.

“A formação de quatro anos do bacharelado é mais integral, com carga maior de formação teórica, sociológica. O tecnólogo, por ser na metade do tempo, dois anos, é mais focado na técnica do dia a dia do mercado”, explica Helena dos Santos, professora dos cursos de Produção Publicitária, e Publicidade e Propaganda da Unisul.

Mara Salla, coordenadora dos cursos, reforça que o bacharelado é a indicação perfeita para quem deseja uma formação integral, com maior profundidade. Já o tecnólogo, para quem está na segunda graduação, já atua no mercado ou tem interesse maior nas questões técnicas do dia a dia, é o ideal.

“Ambos são ministrados por excelentes professores, o corpo docente da Unisul e dos cursos de Comunicação e Artes são muito dedicados e comprometidos com a atualização pessoal e a melhor relação entre o conhecimento teórico e prático. Os mesmos professores lecionam tanto ao bacharelado quanto ao tecnólogo. Na sua maioria, doutores e mestres”, afirma Mara.

As docentes afirmam que, no caso de Produção Publicitária e Publicidade e Propaganda, os profissionais formados em ambos os cursos podem ter a mesma atuação profissional e dar continuidade com a pós-graduação, caso haja interesse. “No entanto, a ênfase do conhecimento do formado no tecnólogo será um perfil mais técnico, mais focado na área do fazer publicidade e propaganda, com sua relação entre o marketing e a arte”, diz Helena.

Antes de escolher entre uma modalidade ou outra, confira alguns pontos que você deve considerar:

Curso tecnólogo

  • Tem duração média de dois a três anos.
  • É um curso superior com foco em áreas práticas, relativas à atuação do profissional no mercado de trabalho.
  • A grade curricular é mais reduzida quando comparada ao bacharelado.
  • Algumas profissões não contam com a modalidade tecnólogo.
  • Vantagens: você completa o curso em menos tempo, porque o curso é mais rápido, e o ensino é focado nos assuntos mais atualizados do mercado; você pode começar a trabalhar logo.
  • Desvantagens: justamente por ser mais focado em uma área específica, o curso é mais restrito, e se você quiser mudar de área no futuro pode encontrar dificuldades.

Curso bacharelado

  • Tem duração média de quatro a seis anos.
  • Traz uma visão mais geral sobre a profissão escolhida, incluindo parte teórica e de pesquisa científica.
  • A grade curricular é mais ampla, o que possibilita maior conhecimento dos temas e abre a oportunidade de fazer uma pós-graduação.
  • O curso confere o grau de bacharel, que é obrigatório para o exercício de algumas profissões, como Medicina, Direito, Arquitetura, Veterinária e Odontologia, entre outras.
  • Vantagens: é possível ampliar as possibilidades de trabalho dentro da profissão; isso ajuda se você mudar de ideia lá na frente.
  • Desvantagens: o curso demora mais tempo, portanto seu ingresso no mercado de trabalho também pode demorar; para quem tem pressa, ou está com a grana curta, pode não ser a melhor opção.