Cinco dicas eficazes para manter a concentração nas aulas on-line

  • Dicas da Unisul
Do equipamento adequado ao local escolhido para estudar, veja dicas para se manter concentrado e produtivo

Assistir às aulas on-line e realizar atividades remotas, durante a pandemia, exige foco. As distrações estão por todos os lados: uma olhada no whats, um vídeo que alguém postou no Instagram, o cachorro que late, o gato que sobe no notebook, uma passadinha para olhar o que tem na geladeira quando a fome bate.

Manter a concentração é difícil, mas necessário: do contrário, o estudo não progride e na hora dos exames bate o desespero. Um pouco de esforço e disciplina, porém, são suficientes para colocar em prática essas cinco dicas muito eficazes. Veja:

Providencie equipamento adequado

Você não precisa ter um computador ou notebook de última geração, mas é necessário um equipamento mínimo para assistir às aulas e realizar as atividades. É claro que as exigências variam de acordo com o curso.

Mas, de maneira geral, é preciso contar com um software básico de texto, internet confiável, câmera (webcam) e microfone em perfeito funcionamento e um computador desktop ou notebook que funcione corretamente. Se possível, fuja daqueles muito antigos, que levam 10 minutos para ligar e estão sempre fazendo uma atualização (que demora mais 15 minutos).

Não comece em cima da hora

Prepare-se para iniciar os estudos sempre com um pouco de antecedência. Se a aula começa às 8h, não vá ligar o computador, notebook ou tablet às 7h59. Reserve pelo menos 10 minutos antes da aula ou atividade para ligar o equipamento e conferir se tudo está funcionando – porque, caso não esteja, você corre o risco de entrar no meio da aula e perder conteúdos importantes. Também se lembre de atualizar regularmente os softwares da máquina para que não pule uma atualização na sua tela bem no meio da sessão.

Tenha um local fixo para estudar

Ficar levando o notebook para cima e para baixo distrai a atenção; na cama, então, pior ainda – periga você começar a navegar sem rumo ou até dormir.

Estabeleça um lugar para estudar, de preferência sem muita circulação de pessoas, bem iluminado e onde você possa reunir seu material de estudo (livros, material impresso etc.) Também é legal customizar esse espaço, colocar artigos de decoração e objetos preferidos. Tudo isso, acredite, pode te inspirar!

Música pode, com moderação

Tem gente que precisa de silêncio para estudar; tem gente que não dispensa música, inclusive com fones de ouvido. Se você faz parte do segundo time, pelo menos escolha algo que não tire sua concentração e faça você cantar ou dançar junto. Música calma ou sons da natureza são ideais. Para ajudar, há até playlists especiais para estudo: o Spotify, por exemplo, tem várias, como “Classic Music for Reading”, “Music for Concentration” e “Nature Sounds”. De graça tem o YouTube, com inúmeras trilhas sonoras tranquilas sob o título “Música para estudar”. Escolha a sua, e concentre-se no que importa neste momento: o conteúdo do seu curso.

Evite distrações

Essa dica talvez seja a mais difícil; afinal, distração é o que não falta. Mas quando bater aquela vontade de fazer o terceiro lanchinho da tarde, de abrir outras abas de navegação no seu computador no meio da aula, ou jogar conversa fora no whatsapp, resista: você estudou muito para chegar até aqui.

Assistir às aulas com atenção e realizar as atividades remotas do seu curso são componentes indispensáveis para sua formação como futuro profissional. Fazer cafuné no gato ou cachorro também fica para mais tarde. Foco, foco, foco!